Miss you, my friend.


        A dor é tão grande que eu não sei mais o que fazer e nem o que pensar, sinto como se eu estivesse sem chão e sem amiga para me aconselhar, afinal era você o meu suporte e minha irmã.
Você era presente nas horas boas e ruins, falavam idiotices e coisas sérias, você foi uma das pessoas que eu mais expus minha história e problemas. E agora que estamos distantes, será que você vai guardar os meus segredos, ou vai espalhar para todos? Não sei. Eu não te conheço mais.
Então eu começo a me perguntar como isso foi acontecer? O que passa na sua cabeça agora? Parece que só eu sinto sua falta e estou sofrendo com isso tudo. Você já lidou com tanta falsidade que descartar mais uma de suas amigas é fácil e rápido, me sinto trocada, como um papel que você rabisca e amassa e põe no lixo.
Você tem noção como tá doendo? Poxa vida, já pensei em falar com você um milhão de vezes só que eu me lembro daquele dia em que eu fui tentar falar com você, lembra? Aquele dia que você não trocou nem 5 palavras comigo e foi embora.
O que pode ter acontecido pra sua cabeça mudar tanto? Sinceramente, se o motivo for aquele boato idiota que me contaram, sinto muito, mais você é uma tola! Como pode desconfiar tanto assim de mim? O que fez você ficar em silêncio? Você sempre tira satisfações e se manifesta. É esse seu silencio que me mata.
Minhas dores se transformam em raiva e depois em dor novamente. Eu só queria saber o que fez mudar sua mente, o que aconteceu exatamente? Não quero saber pelos outros, quero ouvir de você, minha amiga, se é que eu posso te chamar ainda assim, to sentindo sua falta e sabe o que mais dói além de você pouco se importar com a minha ausência? É que eu besta, ainda te considero minha melhor amiga e tenho esperanças de que isso seja apenas um sonho.

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.

Mundo de Chances Copyright © 2013 - Designer by Papo Garota,Programação Emporium Digital